segunda-feira, abril 09, 2007

Rally de Portugal

Explosão de imagens, congeladas na multidão...
Escondem a força obscura do trabalho na solidão...
Expectativas, desejo e determinação,
Levam-nos ao limite da emoção...
Desordem, caos, consequência...
Avaliamos pela experiência...
subimos ao topo do mundo...
e saímos pela porta do fundo...
Foto: Rodrigo Cabrita
Texto: Jorge Barata
( Março 2007 )

10 Comments:

Blogger SkinStorm said...

Nem sei que te diga...

segunda-feira, abril 09, 2007 2:42:00 da manhã  
Blogger Insano said...

Rodrigo,

Dar os parabéns torna-se um lugar comum.... por isso vai uma dúvida "técnica", como fintas a poeira (em termos de maleficios para o equipamento) neste tipo de eventos?

Abraço,

segunda-feira, abril 09, 2007 10:42:00 da manhã  
Anonymous dquintela said...

bonito! muito bom trabalho! é bom ter acesso a mais do que uma ou duas imagens para se ter maior percepção daquilo que foi (bem) feito!

segunda-feira, abril 09, 2007 11:04:00 da manhã  
Anonymous chá da lapa said...

Tudo o que possamos dizer ficará ofuscado pela grandiosidade destas imagens.
Como homenagem ao RC, enviei o link do phot-a-trois a todos os amigos amantes destas provas, e que estiverem presentes no último "Rally de Portugal" é de fazer inveja...

segunda-feira, abril 09, 2007 1:07:00 da tarde  
Blogger Joana said...

Se uma imagem vale mais do que mil palavras... o que valem oito imagens (que por si só já dizem tudo) acompanhadas por tais palavras?

É que, sinceramente... fiquei mesmo sem palavras, sem saber o que dizer...

segunda-feira, abril 09, 2007 6:18:00 da tarde  
Blogger Custódia C.C. said...

Mais um grande momento fotográfico Rodrigo, muito bem legendado!
Parabéns!

terça-feira, abril 10, 2007 3:36:00 da tarde  
Anonymous observador said...

A falta de imaginação dos post's do teu blog e a falta de tempo, falam por si.As fotos são de autoria do Rodrigo, mas olha que as legendas não. A César o que é de Cesar.

terça-feira, abril 10, 2007 5:37:00 da tarde  
Blogger GLP said...

Excelente reportagem!

quinta-feira, abril 12, 2007 7:40:00 da tarde  
Blogger Rodrigo Cabrita said...

1. Skin, como alguém me dizia em tempos, não está completamente mau :)
2. Insano obrigado mas é apenas mais um trabalho. Desculpa só agora responder, o trabalho não permitiu. Quanto à tua pergunta, levei um "puf puf" para tirar as poeiras (desculpa mas agora não te sei dizer o nome, se alguém ler e souber ajude-me), aproveitava um compressor de ar dos mecânicos (tipo penetra sem eles verem) e quando o primeiro carro passou envolvi a máquina numa camurça. Era o que tinha. Enquanto levei com a poeira pensei que podia fazer algo giro no carro seguinte. Ao 2º carro já não tapei a máquina. Ou fazia ou não fazia. Acabei por fazer com a sorte de ter corrido tudo bem com o pó e principalmente com as pedras que saltavam. Desculpa o texto. Um abraço!
3. Quintela, thank you...
4. Sempre igual a ti própria Chá...o que é bom sinal! :)
5. Joana, sempre a estragar-nos com mimos! :)
6. Obrigada Custódia. Foi trabalho de equipa!
7. Caro observador, se me permite devia ter observado melhor. No fim vem: Fotos de Rodrigo Cabrita, textos de Jorge Barata. Não me usurpei de nada. O Jorge sabe-o e o as coisas estão como disse, a César o que é de César! Um abraço para si também!
8. Obrigado Gonçalo! Nunca mais te vi, o que se passa?

segunda-feira, abril 16, 2007 7:24:00 da tarde  
Blogger Xplink said...

Mais um bom trabalho do puto maravilha! Parabéns!

quarta-feira, abril 18, 2007 1:00:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home