sexta-feira, novembro 24, 2006

Ribeira Quente ( 2 )

A dor e o desespero dos familiares e amigos das pessoas que ficaram subterradas, devido ao desabamento de lamas. Cada corpo encontrado e retirado do lamaçal e dos escombros, provoca
uma dor profunda, nos habitantes de Ribeira Quente, Açores.
(Novembro 1997)
Foto: Leonardo Negrão

3 Comments:

Anonymous chá da lapa said...

Que bom ter um ombro amigo, nas horas difíceis.
Uma vez mais o "clic" no momento certo.*****

sexta-feira, novembro 24, 2006 1:34:00 da tarde  
Blogger rosa said...

A fotografia retrata tudo o que descreveste.. Acho que está simplesmente.. sem palavras.

Concordo, é bom ter um ombro amigo nas horas difíceis.. É bom ter alguém com quem se possa repartir a dor, para tentar torná-la menos dolorosa..

sábado, novembro 25, 2006 11:01:00 da tarde  
Anonymous João Costa said...

Para quem gosta da sua Terra é sempre triste e doloroso ouvir falar desta desgraça. Nunca pensei que un dia o perigo viesse de cima. Pensava que o perigo um dia fosse debaixo, ou seja, do mar a desabar o caminho.
João Costa

segunda-feira, novembro 24, 2008 2:00:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home